Dinheiro na mão

é eleição é vendaval
letra Fazer doação

Valha

Valha me Deus
tantos fragmentos
que a cabeça perdeu
migalha de pão
Maria-e-João
atrás de um caminho sem volta

Valha me Deus
juntar todos pedacinhos
que já insistem ser meus
não me reconheço não
não me ofereço
e mesmo assim, to na roda

Ninguém sai ileso
lento vai e vem
pelo vão estreito
vou vazando daqui

que lado é o meu?
e faz diferença
se a gente já esqueceu?
quem é que vai pagar
quem é que vai cobrar
por essa carcaça morta?

Valha me Deus
e eu só tenho a ti
quando o silêncio entra em nós
tudo é se repetir
e se repetirá
que bom quando estamos a sós